sexta-feira, 28 de outubro de 2011

como ser um grande chef ?

...nos últimos três dias participei pela qinta vez da www.semanamesasp.com.br/ congresso internacional que discute basicamente a quantas anda o cenário gastronomico do país e do mundo, ou seja o que os grandes chef andam aprontando por aí.
Eu cozinheirinha que sou, é isso ai! cozinheirinha, perto daqueles dinossauros me sinto assim, não pela minha incapacidade de cozinhar como eles, mas a capacidade que eles tem de levar os assuntos da cozinha a exaustão!, acho tudo o máximo e acredito que serei igualzinha quando crescer !!!

O tema do congresso esse ano era: ITALIA X BRASIL: EM BUSCA DE UMA COZINHA CONSCIENTE, e vi que consciência segundo os chefes, é parar um pouquinho e tentar lembra o que restou de bom lá no fundinho das lembranças, perdidas dentro da nossa cacholinha, escondidas atrás do deslumbramento e velocidade desse mundo tão superficial.
Concordo com os brilhantes chefes que se apresentaram nesse maravilhoso encontro, precisamos sim dar um pausinha e criar coisa novas com base naquilo que está dentro dá gente para não esquecermos afinal, o que somos nessa terrinha de meu Deus, e tentar assim viver de uma forma mais tranquila ( ixxi tô filosofando demais  rsrsrsrs ), vamos para a receita que é minha interpretação do mais que querido arrozefeijão com ovo!!!

FEIJÃOEARROZ COM OVO

INGREDIENTES

salada de feijão
feijão carioquinha
feijão verde
água
sal
cominho em grão
folha de louro
dentes de alho com casca
tomate verde concassé
folha de coentro
gengibre picado a micro bronoise
pimenta dedo de moça a micro broine
azeite de castanha do brasil
vinagre de vinho branco

creme de feijão
feijão carioquinha
os alhos de cozimento do feijão
farinha de mandioca fina
tabasco

duo de arroz
arroz vermelho integral
arroz branco
leite

legumes tostados
tomates cereja
quiabo

proteínas
queijo de coalo em cubos
ovo frito

MODO DE FAZER
duo de feijão
cozinho os feijões separadamente, o carioquinha com os temperos e o verde só na água e sal, escorra reserve, separar uma parte do carioquinha para fazer o creme.
com os outros ingredientes fazer uma salsa e temperar os feijões manter na geladeira

creme de feijão
bater o caldo do feijão, os alhos ( agora descascados) com grãos reservado coar e cozinhar com a farinha fazendo um creme leve temperar com tabasco.

duo de arroz
cozinhar o arroz vermelho na panela de pressão, escorrer e reservar
fazer o arroz branco de forma normal substituindo a água por leite, acresentar o arroz vermelho separado.


legumes
branquear o quibo cortado ao meio no sentido do comprimento, reservar.
cortar os tomates cerja sem separar, colocar os dois em uma frigideira quente e deixar tostar

proteínas
tostar o queijo coalho na frigideira girando de todos os lados
e tchantchan tchan a parte mais difícil, fritar o ovo em abundante óleo de soja para uqe fique tostadinho por fora e molinho por dentro

disponha no prato da maneira uq sua imaginação mandar, reque com um fio de óleo de castanha do Brasil,
VOILÁ

desculpem-me pela falta das quantidade é que foi mesmo uma inspiração e não deu tempo de marcar, assim que preparar de novo prometo que coloco aki pra vcs,  se quizer a informação antes ou tirar alguma dúvida é só me mandar um email vou ter o maior prazer em responder.
bjinho,

ge.bastos@uol.com.br

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Primeiro dia ! 12.07.2011

......sinceramente não entendo porque segunda feira é o dia ofical de inicios de dieta!, pra mim que sou cozinheira é péssiiimo!!!!, normalmente é o dia que a geladeira está quase fazia e ai aja imaginação pra fazer comida de dieta na segunda e ainda por cima saborosa ixii!, mas saiu essa receitinha que pra segunda-feira acho que está de bom tamanho, principalmente depois da noticias que eu li na ATRIBUNA de ontem, que os santistas comem 25% menos peixe do que deveriam, ô minha gente bora pro merdaco de peixe pelo menos visitar as garças !!!!!, ontem estive lá e trouxe além de outras coisas essas pescadinhas fresquinhas que as pessoas normalmente asm preparam sempre fritas e em filé praticamente um "chiquitos" argh!, mas minha receita tem inspiração na cozinha caiçara, é assadinha temperada com limão sal e ervinhas do terreiro, é isso mesmo ervinhas do terreiro aquelas que nascem em volta das casas caiçaras ao longo do nosso maravilhoso litoral, pode ser marjericão, salsinha, mangerona, tomilho, coentro e por ai vai o importante é que esteja fresquinha!!

Bom chega de blábláblá e vamos a receita !!!!

Pescadinha inteira assada

3 pescadinhas limpas ( somente esviceradas)
1 limão ( gosto de usar o cravo que tem lá no quital mas pode ser o verdinho do mercado mesmo)
folhinhas de ervas frescas ( hoje usei tomilho do meu vasinho da varanda)
1 cebola média cortada em fatias
sal
1 colher de chá de azeite extra virgem
 
modo de preparo

 
lave os peixes em água corrente, tempere com limão, o sal, as ervas, unte o fundo de um refratário com um pouco do azeite, disponnha os peixes, organize as cebolas por cima regue com o restante do azeite, asse em forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 20 minutos, é isso mesmo míseros 20 minutos tempo suficiente pra preparar um arrozinho orgânico da camil que é facilimo de fazer , passar uns brócolis já pré-branqueados num alho e óleo com pouquinho azeite é claro + ou - 1 colher de chá e o almocinho está pronto !!!!

buono apetito !!

DIETAAAAAA!!!!

Ok! sei que este tema não é nada apetitoso, mas como nós chefes de cozinha, aprendizes eternos de feiticeiros temos mania de nos apoderarmos das causas perdidas, vou encarar isso como um novo desafio, transformar a dieta hipogordurosa de noventa dias do amor da minha vida em algo prazeroso e acima de tudo saboroso ( O QUE QUE A GENTE NÃO FAAAZ POR AMOOR !), de quebra vou aproveitar pra secar o corpinho para o verão que nos aguarda.
Nossa quanta coisa em uma só: reativar o pobre BLOG abandonado, ajudar a pessoa querida, ficar linda para o verão e ainda por cima dividir tudo isso com uma globosfera que não tenho noção que posso atingir ....ui isso está me animando, a dieta já está começando a ter sabor de aventura e isso parece bom!!!


Vamos lá !, vou determinar algumas regras, para mim mesma cumprir senão, todo mundo já sabe, qualquer coisa DESANDA !!!


1.  comprometo-me a postar todos os dias a partir de hoje todos os almoços preparados de maneira hipogordurosa
2. comprometo-me a postar dicas de lanchinhos leves e diferente duas vezes por semana
3. comprometo-me a narrar as escorregadas que existem em todas as dietas de pessoas normais, e que a adoram curtir a vida como eu e meu amor
4. e por enquanto é tudo o que posso me comprometer, na verdade já é comprometimento d++++, pra uma cozinheira bem maluca como eu ......
vou adorar se possiveis leitores me ajudarem com mais duas ou tres regrinhas pra esse jogo ficar mais interessante , PARTICIPEM !!!!!

sexta-feira, 25 de março de 2011

camarão com chuchu revisitado - Ui ! que chic rsrsrs

Inspiração, cópias, plágios, convivemos com tudo isso nas cozinhas ao redor do mundo, mas transcrevendo um colega de profissão, isso deve ser considerada uma homenagem aos supostos copiados, não uma ofença.....mas vamos ao que interessa no prato (post)de hoje!


Ganhei uma pacote de orzo (cevada) de um amigo italiano que esteve em casa agora nas "férias de verão" por que ele sabe que adoro a sopa de orzo que servesse em garfagnana na Toscana, mas é uma sopa muito quente ímpossivel para nossos dias de verão então o presentinho ficou devidamente guardado lá no armário esperando o inverno chegar.Outro dia desses o tal pacotinho caiu na minha mão e resolvi fazer um risoto da tal cevada, não é que deu certo a cremosidade que se forma pelo amido da cevada é muito boa, depois de um tempo, vi no site da Rita Lobo, o Panelinha ( acesso sempre esse site pra ser sincera, sou fãzaça ) vi uma receita de risoto de gamberi do chef Salvatori Loi do fasano, feito com o bendita cevada , fiquei me achando rsrsrs, nem sabia que isso era uma caracteristica da culinária italiana ( e olha que tenho uma relação bem estreita com esse país) gostei tanto da idéia, que deu certo da primeira vez, que resolvi repetir a dose com outros ingredientes, com uma inspiraçãozinha de cozinha brasileira, um samba da crioula doida que sou, mas gostei e decidi dividir a receita com vocês espero que goste e espero também que tenha mais tempo de escrever no meu blog ! mas por enquanto fico assim, de vez enquando vou colando uma poesia rsrsrsrs


P.S.: sitei todas as referências porque ando meio traumatizada com essa coisa de cópias e plágios rsrsrs



Risoto d'orzo con gamberoni i chuchu - risoto de cevada com camarão e chuchu


ingredientes

1 xicara de cevada cozida na panela de pressão por 15 minutos
6 camarões grandes limpos ( reservar cabeças e casca para fazer o caldo)
2 alhos porós somente a parte branca cortado a brunoise ( talvez um dia desses faço um post com os termos de corte de cozinha mas nada que dar um google não resolva rsrsrs)
1 chuchu picado em cubos pequenos
6 a 8 tomates cereja cortados ao meio
2 colheres de sopa de azeite de oliva
1 colher de chá de manteiga
2 xicaras do caldo de camarão ( receita abaixo )
sal á gosto
folhas de manjericão


para o caldo
1 cebola pequena
1/2 cenoura pequena
1 talo de salsão pequeno
700 ml de água aproximadamente


modo de fazer o caldo
Esquente uma panela com um pouco de óleo e quando estiver quente frite as cascas e cabeça do camarão mexendo sempre



adicione os legumes picados e mexa bastante, adicione a água e deixe ferver por no minimo 30 minutos


modo de fazer o risoto

refoque o alho poró no azeite acrescente o chuchu e refogue por 3 minutos, acrescente a cevada e um pouco do caldo mexa bem e tampe a panela por 4 minutos, acrescente mais um pouco do caldo e os camarões, junte os tomates as folhas de manjericão mexa bem tampe a panela por mais 2  ou 3 minutos para finalizar acrescente a manteiga e mexa, tampe a panela por mais 2 minutos.Sirva quente.